Contribuições preciosas à equipe docente da pós-graduação

Em 2017, o curso de pós-graduação Livros, Crianças e Jovens: Teoria, Mediação e Crítica, do Instituto Vera Cruz, contará com a chegada de novos professores, somando contribuições preciosas à equipe docente.

Bel Santos Mayer, Odilon Moraes e Renato Moriconi são profissionais com expressiva atuação em diferentes esferas relacionadas ao livro infantil e juvenil: a mediação de leitura em bibliotecas comunitárias, a criação literária e as artes visuais. Confira a biografia deles abaixo:

 

Bel Santos Mayer

Educadora social, coordena o Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário (Ibeac), assessora a Secretaria Municipal de Educação de Guarulhos para a política de promoção da igualdade racial na educação, apoia a criação de Bibliotecas Comunitárias em áreas periféricas da cidade de São Paulo e é gestora do Rede de Leitura LiteraSampa.

 

Odilon Moraes

Graduado em Arquitetura pela USP, trabalha como ilustrador há mais de 25 anos. Já recebeu inúmeros prêmios, como o Jabuti de ilustração, em 1994 e 2009, e o da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) na categoria “Melhor livro do ano para crianças”, em 2002 e 2004. Em 2012, também pela FNLIJ, foi premiado na categoria “Melhor livro teórico do ano” pelo livro “Traço e prosa”. Possui várias obras agraciadas com o selo White Raven da Biblioteca Internacional do Livro para Crianças de Munique. Em 2014, entrou para a lista de honra do International Book Board for Youth (IBBY). Desde 2005, ministra palestras e oficinas sobre a história e o conceito do livro ilustrado em instituições como o Instituto Tomie Ohtake e a Unicamp.

 

Renato Moriconi

Artista plástico, graduado em Artes Plásticas e pós-graduado em Design Gráfico. Nascido em Taboão da Serra, em 1980, dedica-se às artes visuais desde 1994 e tem, aproximadamente, 60 livros publicados no Brasil, México, França, Itália, Coreia do Sul e China. Recebeu os prêmios de “Melhor livro-imagem” em 2011 e 2014 e “Melhor livro para a criança” em 2012 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). Recebeu também o troféu Monteiro Lobato e o Jabuti de ilustração infantil. Em 2016, foi contemplado com o Premio Fundación Cuatrogatos (EUA) pelo livro “Bárbaro”, também finalista do prêmio da revista italiana “Andersen”, na categoria “Melhor livro de arte”. Vive na cidade de São Paulo.

 

O processo seletivo para 2017 está aberto. Acesse www.veracruz.edu.br/instituto para fazer sua inscrição.

bel-santos odilon-moraes renato-moriconi