Facebook

Para recuperar a sua senha informe o seu e-mail:

A área restrita do site permite à:

Secretaria Virtual: documentos protegidos, álbuns de fotos e vídeos

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
“O que os direitos humanos têm a ver com a arte?”
03 Abr 2019
 
Nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro, as seis turmas do 5º ano do Ensino Fundamental visitaram a exposição “Para respirar liberdade – Direitos Humanos na obra de Otávio Roth”, em cartaz no Sesc Bom Retiro (SP).
 
A ideia de conhecer a exposição surgiu nas aulas de Arte, em que o tema dos direitos humanos já vinha sendo tratado pela professora Tatiana Fecchio desde o início do ano letivo. “Fizemos uma sondagem inicial para saber o que os alunos entendiam sobre direitos e deveres. Então, pesquisamos a respeito dos direitos humanos, e, a partir daí, cada grupo elaborou uma proposta sobre o tema, para desenvolver uma visualidade plástica”., conta.
 
O contato: uma experiência única
“Mas o que os direitos humanos têm a ver com a arte?”. A pergunta que instigava os alunos desde o início do projeto foi prontamente respondida após a visita à exposição. “Lá, eles viram a obra de um artista que dedicou sua vida a falar sobre o tema; depois do contato com a mostra, os alunos entenderam que, embora diferentes, todos temos os mesmos direitos”, explica a professora.

Já na entrada da exposição, o impacto: “Como é diferente ver um trabalho ao vivo! É tão grande!”; “Quantas folhas estão nessa árvore?”; “Como será que elas são colocadas lá?”. Diante da instalação itinerante “A árvore”, composta por folhas de papel pintadas por mais de 60 mil crianças e jovens em 70 países – da qual o Ensino Médio do Vera também participou –, todos olhavam para o alto, admirados com a obra original, antes vista apenas em reproduções projetadas. “É extraordinário ver essa árvore aqui, ao vivo”, disse Marizete Soares Barbalho, auxiliar de oficina de Arte, que também participou da visita.
 
No andar de cima, diante dos quadros com a representação dos 30 artigos que compõem a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a curiosidade dos alunos só aumentou: “Os trabalhos estão em inglês. Seria porque é uma linguagem entendida por um número maior de pessoas?”. Mostrando desenvoltura na leitura do idioma, os alunos comentavam os escritos entre si, fazendo diferentes reflexões a respeito. “Por que os direitos humanos foram declarados? Antes, sem eles, as pessoas não precisavam respeitar, porque não tinha regra”.
No mesmo andar, no centro da sala, a instalação com dez metros de extensão reuniu olhares curiosos sobre os pequenos objetos guardados dentro da caixa de vidro. “População II”, composta por 2.500 pequenas peças de papel artesanal, as “peninhas”, também despertou o interesse dos alunos. “As cores das peninhas são da cor do Brasil?”; “Que tinta foi usada?”; “As peninhas representam diferentes pessoas?”.
 
Reflexões além da arte
Depois de contemplarem a exposição, os alunos participaram de rodas de conversa com as monitoras do Sesc para conhecerem um pouco mais sobre as técnicas artísticas utilizadas por Otávio Roth na composição das obras e discutirem a temática da mostra. “Matar a pessoa por ela ser negra é racismo. E homicídio.”; “Eu vou matar uma pessoa branca pelo fato dela ser branca? Matar uma pessoa negra pelo fato de ser negra? Se eu matar por esse tipo de ódio, matar a pessoa por causa da cor da pele é racismo”, foram algumas das reflexões dos alunos.

Para fechar a visita, os alunos pintaram as folhinhas que, posteriormente, integrarão “A árvore”, dando assim sua contribuição a esse mosaico que representa a diversidade humana.

 
 Veja as fotos...
 

destaques

prev
next

Exames de Cambridge 2019

Confira as datas, horários e locais dos exames de Cambridge para alunos do 9º ano e para alunos da 2ª série do EM. 

Inscrições

Clique aqui para ver, passo a passo, como se dá o contato entre a Escola Vera Cruz e as famílias interessadas em conhecer nossa proposta pedagógica e nossas instalações.

 

2019: Ano Internacional das Línguas Indígenas

Saiba mais sobre o Ano Internacional das Línguas Indígenas no 14º número da Revista Ler, publicação digital do Sistema de Bibliotecas Vera Cruz.

 

notícias

Agenda do vestibulando – Fique ligado!
20 Ago 2019
 As faculdades públicas e privadas de todo o Brasil estão iniciando as inscrições...
+
Comer bem se aprende na Escola
20 Ago 2019
 O Programa de Educação Alimentar do Vera foi destaque em coluna sobre o impacto...
+
Igualdade de direitos – e deveres
16 Ago 2019
A turma do 5º ano C, das professoras Simone Pignatari e Paula Dellaquila, teve uma aula diferente...
+
Gênero, feminismo e cidades
16 Ago 2019
  Formada em Arquitetura pela Escola da Cidade, Isadora Panachão é mais uma ex-aluna...
+
Muito mais que uma torre de palitos
02 Jul 2019
  Durante o mês de maio, os alunos do 5º ano construíram...
+
Formação, sempre
02 Jul 2019
  Com foco constante em ações formativas para a equipe, a Escola Vera Cruz promoveu,...
+
O que é patrimônio histórico e cultural?
28 Jun 2019
  Os estudos do 5º ano sobre a fundação da cidade de São...
+
No balanço do corpo
26 Jun 2019
 O Grupo 3 das professoras Ani e Mariana visitou a exposição “Sopro”,...
+
Encontro com outras gerações e infâncias
24 Jun 2019
Entre os dias 10 e 14 de junho, os alunos do 4º ano organizaram a exposição Jogos...
+
Projeto de Ciências
17 Jun 2019
  Why do plants don’t grow in the Artic? Os repórteres do 5º ano respondem...
+
História revisitada
14 Jun 2019
  Entre os dias 18 e 23 de maio, os alunos do 9º ano participaram de um Estudo do Meio nas...
+