Facebook
Esqueci a senha

Para recuperar a sua senha informe o seu e-mail:

A área restrita do site permite à:

Secretaria Virtual: documentos protegidos, álbuns de fotos e vídeos

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Vivência na natureza
12 Set 2018

A chegada à escola das turmas do G5 - Manhã foi diferente na quinta-feira, dia 23 de agosto. Dispostos em roda nas salas, cujas paredes estavam repletas de desenhos reveladores sobre como imaginavam o destino do dia, os alunos repassavam, com as professoras, os combinados feitos em grupo com as professoras

“Vocês se lembram do desenho que fizemos sobre o caminho para o Mãos na Terra?”, pergunta a professora, já em um dos ônibus. Ela pede também para que todos atentem ao caminho, imaginando o que encontrarão pela frente. “O que muda na paisagem urbana e na rural?”, perguntou.

A chegada à Estação de Vivência Ambiental Mãos na Terra, em São Roque, no interior de São Paulo, foi de pura euforia. Após tomarem o café da manhã, passarem protetor solar e repelente, foi hora de dividir os grupos para a expedição que estava por vir.

A horta e o encontro com Seu Roberto foram a primeira parada. Rastelo, enxada, ancinho, plantador, vassoura de bruxa: uma a uma, as ferramentas foram apresentadas para as crianças. Curiosas, elas observaram as sementes de milho, feijão, soja e grão-de-bico e, já em meio à plantação, conheceram e reconheceram verduras e legumes como alface, berinjela, maracujá, morango, abóbora, jiló e banana. “Aqui, temos remédio”, explicava Seu Roberto, mostrando os pés de menta, carqueja, cavalinha, arruda e cânfora, enquanto as crianças diferenciavam os odores das plantas. “As folhas mortas alimentam a composteira” falou, apontando para três grandes caixas de concreto. “Temos composteiras na Escola também”, lembrou um dos alunos. Sob os olhares atentos das crianças, Seu Roberto afofou e riscou um pedaço da terra. Ali, fechando a visita à horta, as pequenas mãos plantaram girassóis.

“A ideia é oferecer para as crianças um espaço de contato mais intenso com a natureza, a experimentação e o faz de conta”, contou a orientadora Márcia Cristina de Almeida Moraes.

Exercício de observação

Da horta para a trilha, os alunos foram instigados a fazerem um exercício de escuta e observação. “Olhem ao redor, prestem atenção aos sons; vamos observar os bichos”, orientou Laura Gorski, professora de Educação Artística. Munidos com seus cadernos de viagem, eles pararam em um ponto da trilha para observar e desenhar. Plantas, insetos e outras descobertas foram colorindo as páginas, que se encheram a partir dos olhares concentrados dos pequenos.

À sombra de uma árvore, todas as turmas se encontraram para ouvir a história do “Couro de piolho”. Sob olhares atentos, a professora Ana Rosa Araújo da Costa interpretava múltiplos personagens, arrancando gargalhadas das turmas.

Após a contação, os alunos tiveram um período livre para brincadeiras. Tinta de terra, pintura, panelinhas para comidinhas de faz de conta, papelão para escorregar na grama, brinquedos e passeio de charrete foram apenas algumas das atividades realizadas para encerrar o dia, que foi de muita diversão e aprendizado.

“Os professores fizeram uma análise de como a visita ao Mãos na Terra enriqueceria as investigações que estão sendo feitas em sala: caderno de investigação, tinta de terra, casa dos bichos, composteira. Aqui, eles estão ampliando algumas das experiências que vivem na Escola”, ressaltou a orientadora da série, Maria Silvia Doria Isnard Carneiro.

Veja as fotos.

 

destaques

prev
next

A cor do personagem

O 12º número da revista Ler, publicação digital do Sistema de Bibliotecas Vera Cruz, trata sobre o lugar que o negro ocupa na literatura brasileira. Clique aqui para conferir.

 

Calendário 2018

Confira os calendários de 2018 da Educação InfantilEnsino Fundamental, Ensino Médio e Inglês.

Compra de material escolar e uniforme

Clique aqui para efetuar a compra de material escolar e uniforme eletronicamente.

notícias

Várias mãos para celebrar a paz
21 Nov 2018
  Os alunos da 2ª série do Ensino Médio do Vera Cruz estão entre os 65...
+
Espetáculo em quadra e na arquibancada
21 Nov 2018
  As celebrações do Ensino Médio pelos 55 anos do Vera Cruz terminaram nos...
+
O céu e a Óptica
20 Nov 2018
  A Lua e os planetas Marte e Saturno foram os corpos celestes observados com a ajuda de um telescópio...
+
Talento revelado
20 Nov 2018
A península de Yucatán é o cenário da bela imagem registrada por Fábio...
+
Diversidade cultural
13 Nov 2018
  Em uma atividade multidisciplinar de Artes, Estudos Sociais, Língua Portuguesa, Música...
+
Cuidados com a Praça em família
09 Nov 2018
Café coletivo, exposições, oficinas. Em uma manhã de muitas atividades,...
+
Youtuber literário
09 Nov 2018
Desde agosto, o 5º ano está com um novo trabalho nas aulas de Biblioteca: as oficinas de booktuber....
+
Prato cheio para alunos do Vera no Enem
09 Nov 2018
  Este ano, o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) –...
+
Outubro: celebração da infância
09 Nov 2018
  Celebrar não é um evento, mas um valor compartilhado no dia a dia pela escuta das...
+
Degradação e preservação dos rios
09 Nov 2018
  “Como se formam as nascentes dos rios?”; “De onde vem a água que fica...
+
Ir e vir em São Paulo
09 Nov 2018
Durante o mês de outubro, as seis turmas do 5° ano visitaram o Museu da Imigração,...
+