Gestão Pedagógica e Formação em Educação Infantil

Disciplinas

Questões emergentes na EI

A disciplina debate as funções da educação de crianças de zero a seis anos em instituições da Educação Infantil, recuperando concepções recentes sobre currículo, direitos de aprendizagem e qualidade da educação em creches e pré-escolas. As ideias de interação, brincadeira e campos de experiências trazidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais e pela Base Nacional Comum Curricular são objeto de estudo, assim como o desenvolvimento da criança do nascimento até seis anos.

 Saúde e qualidade de vida

O curso discute o cuidado da criança na família e nos serviços de saúde, educação e assistência social, a partir de uma perspectiva histórica, antropológica e sanitária. Reflete sobre as peculiaridades da organização, das atitudes e dos procedimentos de cuidados infantis em ambiente de Educação Infantil, destacando as relações entre serviços, profissionais e famílias. Investe ainda na construção de indicadores para avaliação de ambientes saudáveis para a infância.

Ambientes de aprendizagem para os bebês

O trabalho pedagógico com bebês (crianças de zero a dois anos) requer que se estude as características e especificidades dessa faixa etária, momento de vida em que se efetivam conquistas fundamentais em diferentes áreas do desenvolvimento, a partir da participação dos bebês em ambientes ricos de experiências promotoras de aprendizagem. O curso contextualiza a importância do outro com quem o bebê ou a criança bem pequena se relacionam e a importância da qualidade dessas relações e analisa a rotina institucional e as oportunidades para a vivência na instituição de práticas culturais significativas e integradas em diferentes campos de experiências, como as diferentes linguagens e a relação com o outro e consigo mesmo.

Ambientes de aprendizagem para as crianças

A reflexão sobre como a história da Educação Infantil tem evidenciado concepções de ambientes de aprendizagem e desenvolvimento que refletem visões diversificadas de crianças e sua educação. A partir de uma compreensão de ambiente como sistema relacional complexo e de que as crianças possuem direitos de aprendizagem a serem garantidos na Educação Infantil, a disciplina discute a organização de tempos, espaços e experiências que favoreçam aprendizagens significativas das crianças sobre si e sobre o seu meio social e cultural, a partir de interações e brincadeiras.

Metodologia de Pesquisa

A disciplina objetiva apoiar a/o aluna/o no desenvolvimento de um pré-projeto de pesquisa, que deverá ser desenvolvido quando da realização da monografia. Para tanto, percorre diferentes momentos da atividade de pesquisa, desde a delimitação de um tema e recorte de estudo até a definição de uma metodologia de investigação.

Experiências com práticas de linguagem e construção de conhecimento

Serão discutidos os processos iniciais de apropriação da linguagem verbal em práticas pedagógicas com crianças de zero a seis anos, tendo como propósito entender o vínculo entre essas práticas, as situações de uso social da linguagem e a construção pela criança de conhecimentos sobre o mundo e sobre si, a partir de interações e brincadeiras criadas no contexto de propostas que considerem as características das crianças pequenas como falantes, ouvintes, leitores e escritores, ampliando sua inserção na cultura letrada.

Experiências com teatro, música, artes visuais e corporeidade

A disciplina tem como objetivo refletir sobre o corpo da criança, que não é apenas um corpo biológico, físico, natural, mas um corpo cultural e integrado, instrumento de ludicidade, interação e aprendizagem.  Também propõe e problematiza possibilidades de trabalho com o corpo na Educação Infantil, dentro de uma perspectiva sócio-histórica, considerando as experiências das crianças pequenas com a dança, teatro, música e as artes visuais.

Metodologia do Ensino Superior – a especificidade da formação docente

A disciplina busca debater aspectos da formação inicial e continuada de professores a partir de diferentes pressupostos, orientando-se por processos de ressignificação de práticas pedagógicas e de ações voltadas à melhoria da qualidade da Educação Infantil. Também busca refletir sobre os processos de constituição dos saberes docentes, ou seja, de como se aprende a ser professor/a.

Práticas de registro e avaliação

A disciplina tem como propósito refletir sobre os desafios de avaliar hoje no contexto da EI: realizar uma avaliação que não seja excludente, mas centrada na criança, e que viabilize o seu desenvolvimento e sirva como referência para aprimorar a prática educativa. Serão abordadas práticas de registro e documentação, considerando o papel dos ambientes na mediação do desenvolvimento das crianças.

Monografia

Desenvolvimento do trabalho monográfico, abordando recorte de tema trabalhado nas disciplinas do curso.

Corpo docente

Clique no nome para visualizar o currículo.

Profa. Dra. Zilma de Moraes Ramos de Oliveira – coordenadora e docente

Profa. Dra. Marisa Vasconcelos Ferreira – coordenadora e docente

Profa. Dra. Damaris Gomes Maranhão

Profa. Ma. Ana Lúcia Antunes Bresciane

Profa. Ma. Andréa Luize 

Profa.  Ma. Maria Paula Vignola Zurawski

Profa. Ma. Maria Teresa Venceslau de Carvalho

 

Vídeos