Facebook
Esqueci a senha

Para recuperar a sua senha informe o seu e-mail:

A área restrita do site permite à:

Secretaria Virtual: documentos protegidos, álbuns de fotos e vídeos

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Trajetória 2012 - 1º semestre

Um semestre repleto de boas parcerias. Parceria entre a Escola e outras instituições, entre alunos e professores, concretizando os valores do Vera Cruz em trabalhar a diversidade e um olhar voltado para além dos muros da Escola.

O primeiro Trajetória de 2012 traz notícias sobre a participação dos nossos alunos e profissionais na Rede Vagalume, no Território do Brincar, na Olímpiada Internacional de Matemática, entre outras atividades envolventes do cotidiano escolar. Acesse as notícias no menu ao lado.

Nova parceria com Projeto Vagalume


A Escola Vera Cruz iniciou nova parceria com o Projeto Rede Vagalume, que promove conversas entre escolas de São Paulo e da Amazônia Legal. Nossa Escola terá como interlocutora uma escola pública da comunidade São Brás de Santarém, representada por uma professora e dezenove alunos de 11 a 13 anos.

Dezoito alunos de 6o a 9o ano do Vera Cruz, um representante de cada classe, já estabeleceram contato com os alunos de lá, sob a coordenação de Vera Conn e da professora Andreia Cristina Silva. Todas as semanas esses alunos se reúnem para desenvolver propostas que serão enviadas para Santarém, após serem discutidas e apresentadas a suas respectivas classes.

Desde o dia 13 de abril, os 18 representantes de classe tem participado semanalmente de oficinas, com duração de uma hora, para prepararem uma apresentação para os alunos da escola de Santarém.

O ponto de partida foi um levantamento sobre o que querem saber da comunidade de São Brás e como querem se apresentar. Para isso escolheram temas como escola, música e vestuário, transporte, lazer, relação com a natureza, culinária, brinquedos e brincadeiras, moradia. Cada grupo produziu um texto e ilustrações, que foram reunidas em uma publicação enviada aos alunos em Santarém. Veja aqui a publicação.

No dia 24 de maio, em um encontro de representantes das escolas de São Paulo que participam da Rede Vagalume, foi a vez de conhecer os trabalhos produzidos pelos alunos das comunidades parceiras da Amazônia Legal.

Diálogos com o Território do Brincar


Com o objetivo de se aprofundar na cultura infantil brasileira, a educadora Renata Meirelles e o documentarista David Reeks embarcaram no fim de abril em uma viagem de dois anos para registrar com filmes, fotos e textos as diversas manifestações da linguagem infantil mais genuína: o brincar. O projeto, batizado de Território do Brincar, está sendo financiado pelo Instituto Alana e conta com a parceria das escolas Sidarta (Cotia), Escola Viverde (Bragança Paulista), Vera Cruz (São Paulo), Colégio Oswald de Andrade (São Paulo) e do próprio Centro de Educação Infantil do Instituto Alana. Para saber mais sobre o projeto e como será a interação com as escolas parceiras, clique aqui

No dia 7 de maio aconteceu a primeira videoconferência entre a Escola Vera Cruz - com a participação de professores, assessores e coordenadores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental - e o Território do Brincar. Renata, estudiosa do brincar, relatou sua chegada à comunidade pomerana de alto Santa Maria, localizada no bairro rural do município de Santa Maria de Jetibá (ES), onde ficará pelos próximos três meses, pesquisando o brincar e a infância.
 
Renata apresentou fotos e um filme em que alunos de 6o a 9o ano brincam de Vurs Dreia - máquina de fazer linguiça - e falou de uma realidade bem diversa, em que as crianças acompanham os pais desde cedo em suas atividades produtivas, voltadas à agricultura familiar. Será que nossos alunos conhecem o trabalho dos pais? Sabem o que fazem? É a pergunta que se mantém ecoando até nosso próximo encontro.
 
A segunda videoconferência ocorreu no dia 04 de junho e versou sobre o casamento pomerano e como as crianças se apropriam desse importante ritual em suas brincadeiras.

Autorretrato em álbum de figurinhas


Ao longo do segundo semestre de 2011, a turma do G5 desenvolveu o Projeto Identidade, que envolveu o grupo em propostas e desafios pautados principalmente em Artes.
 
Durante o projeto as crianças usaram diferentes técnicas na produção de autorretratos com o objetivo de despertar o olhar do grupo para as individualidades e ao mesmo tempo, para a construção de um espaço coletivo.
 
No início de 2012 foi criado e publicado um álbum, que é o resultado final da coletânea de propostas desenvolvidas e das conversas realizadas ao longo do percurso criador do grupo, revelando as aprendizagens e o quanto o processo foi significativo.

Encontros de leitura a todo vapor


Em 2012, o projeto de formação de voluntário "Encontros de Leitura" conta com 13 alunos voluntários de 7o a 9o ano, que atuam em duas creches conveniadas próximas à escola: Maria de Nazaré, que atende 58 crianças de 0 a 5 anos, e Casa da Pequena Ivete, que atende 60 crianças da mesma faixa etária.
 
Nossos alunos planejam, preparam e ensaiam histórias para contar a 23 crianças por turma, em cada creche, utilizando recursos variados. Na primeira, são pequenos de 2 anos e na segunda, com idade entre 3 e 4 anos. No retorno, os alunos avaliam sua atuação e elencam estratégias para tratar com as crianças.
 
A equipe responsável pelo acompanhamento de todo o projeto é composta por:
 
Mariangela Bueno – assessora de Estudos sociais
Maria de Los Angeles (Lô) - orientadora
Maria do Carmos G.K. Silva (Mamo) - orientadora
Paula Monteiro de Camargo – professora
 
Conheça as impressões de alguns voluntários após o primeiro momento de trabalho.
 
Eu percebi que elas adoram as imagens e querem mostrar para você tudo que elas sabem. Elas são adoráveis e sabem se organizar.
Alice Fragelli Barcelos 8º ano B
 
Ao ir à creche pude perceber que as crianças eram mais calmas do que o esperado e que ao final das atividades elas se sentiram felizes.
Pedro Vianna Godinho Peria – 9º D
 
Ao ir à creche pude perceber que a leitura pode ajudar muito as crianças a aprender novas palavras. As crianças eram bem clamas e pareceram gostar dos livros.
Lucas Xavier da Cunha 7º ano E
 
Apesar eu não ter ido na creche, sei que ewste trabalho de ampliar o repertório das crianças é muito legal! Como voluntária espero poder ajudar da melhor forma possível as crianças na creche! Estou adorando!
Larissa Fantin Trighetas 8º ano B
 
Eu achei muito divertido ir na creche. As crianças são muito organizadas, pois pegam um livro, levam para você e depois guardam no lugar certo.
Rodrigo P. C. Mendes 7º ano A
 
Quando eu fui para a creche, eu senti que os livros realmente ajudam o repertório das crianças, para ensinar as cores, frutas, números etc. Eu gostei bastante de ir para lá!
Carolina Bergamin Neves 7º ano C
 
Eu simplesmente amei o meu primeiro dia de trabalho na creche. Eu adorei fazer aquelas crianças felizes, ver os sorrisos e risadas.
Marina F. Rodrilla – 7º ano A
 
Eu amei o primeiro dia na creche, adorei ver as crianças olharem para os livros com alegria.
Júlia Moutinho R. Pinto 7º ano A
 
Eu achei que a experiência de ida na creche foi muito legal porque é bom termos contato com as crianças. É bom para as crianças e para nós. As crianças a prendem a se relacionar com pessoas de fora da creche e a ter um maior contato com os livros.
Carolina H. Gomes – 7º ano B
 
Acredito que quando uma criança lê um livro cria uma nova forma de aprendizagem onde todos os sonhos viram realidade.
Beatriz N. Multari 8º D
 
Eu gostei muito de ir na creche, de conhecer as crianças, de ficar com elas e ensiná-las a terem contato com os livros.
Rita B. de Mello Burti 7º B
 
Acredito que posso motivar as crianças a ir ao caminho educativo que a leitura propõe. Consigo me comunicar com as crianças mais novas e ganho o prazer de auxiliar.
Frederico de Campos Berg 7º B
 
Eu gostei muito de ir na creche e me relacionar bem com as crianças! Adorei a recepção delas e de suas atitudes. Adorei ajudar estas crianças a terem um contato maior com os livros e de se relacionarem melhor com outras pessoas.
Cecília Franco Cardoso da Silva  7º B

Estudo do 6º ano no Planeta Inseto


Como parte da programação da área de Ciências do 6o ano, os alunos foram ao Planeta Inseto do Instituto Biológico. Com o auxílio de monitores, os alunos puderam tocar em insetos vivos, aprender sobre diferentes ciclos de vida e sobre a importância dos insetos na polinização das flores, como alimento e sua ação como pragas na agricultura.
 
 
Os alunos conheceram insetos gigantes, como exemplares de besouros e bicho pau. Puderam manipulá-los e observá-los de perto. Também observaram o bicho da seda em diferentes fases de vida: larvas alimentando-se de folhas de amora, o casulo (pupa) e o inseto adulto, além de vários cones de fio de seda - retirados do casulo para serem comercializados. Viram até uma corrida de baratas!

Alunos do EM vencem Olimpíada de Matemática


No mês de abril, alunos do Ensino Médio do Vera Cruz participaram da Olimpíada Internacional de Matemática, organizada pela academia de Estrasburgo, na França.
 
Divididos em grupos de série e colocados diante do desafio coletivo da resolução de exercícios, nossos 37 alunos souberam organizar-se para buscar alternativas criativas e adequadas, que deram a eles o primeiro lugar entre os participantes.
 
“Entre os principais objetivos da Olimpíada estão o estímulo ao trabalho em equipe e o uso da imaginação, da criatividade e da linguagem lógico-matemática na resolução de problemas do cotidiano”, explicam os professores de Matemática Patrícia Azevedo, Lilian Spalding e Sergio Friedman, responsáveis pela organização da olimpíada no Ensino Médio.
 
Essa olimpíada faz parte do projeto Matemática Sem Fronteiras (redepoc.wordpress.com), edição brasileira de “Mathématiques Sans Frontières” criada na França em 1990, e que hoje conta com a participação de jovens de vários países.
 
Durante a semana da realização da prova, os participantes tiveram um encontro com seu respectivo professor de Matemática, quando foram passadas orientações sobre a realização da prova e discutidas questões das provas de anos anteriores.
 
“Foi gratificante observar a seriedade na mobilização e a capacidade de organização dos alunos durante a atividade”, complementa o professor Sérgio.
 
Parabenizamos a todos os alunos e professores envolvidos. A entrega festiva das medalhas e certificados acontecerá no início de agosto.
 

Confira acima algumas fotos do evento feitas pelo professor Sérgio Friedman.

Veja também a Carta-Convite recebida pela Escola para integrar a delegação que representará o Brasil na QUANTA 2012 - 18th International Competition for Science, Mathematics, Mental Ability and Eletronics.


Cao Hamburger debate Xingu no EM


Atendendo gentilmente a um convite dos alunos do grêmio, em uma sala lotada e atenta, Cao Hamburger, diretor do filme Xingu, falou sobre as experiências vividas durante a realização do filme na Amazônia.

Após a exibição do making of , ele respondeu às perguntas dos alunos e falou sobre os desafios da produção do filme e da responsabilidade de levar para a linguagem do cinema a obra dos irmãos Villas Boas, tão importante na história da Amazônia e do Brasil.
 
Confira acima alguns momentos do encontro pelas lentes do professor Edson Grandisoli.

As conquistas dos alunos nos vestibulares


No Ensino Médio, a Escola Vera Cruz promove projetos para orientação profissional de seus alunos, desenvolvendo atividades que ampliam suas informações sobre os cursos e as universidades e lhes apresentam o mundo do trabalho.

Além disso, propõe aulas de reforço e aprofundamento e simulados com vistas aos vestibulares.

A Escola acompanha, ainda, a trajetória pós-escolar de seus alunos por considerar que o trabalho educacional se avalia em longo prazo. O acompanhamento é visto como parte do projeto institucional e, portanto, integra a avaliação e o planejamento da ação educativa do Vera Cruz.

Convidamos todos os pais da Escola para visitar a página do site dedicada à aprovação nos vestibulares e chegada ao Ensino Superior e para dividir mais essa conquista dos nossos alunos.
 
A Escola Vera Cruz felicita todos os que conquistaram um lugar na universidade em 2012 e também seus familiares por mais esta etapa vencida!

Para conhecer os resultados, clique aqui.

O Vera Cruz representado no Rio+20


Em 2012, a Escola Vera Cruz iniciou uma nova parceria com o Projeto Rede Vagalume, que promove conversas entre escolas de São Paulo e da Amazônia Legal. 
 
Vencedora do Prêmio Inovação Intercultural, promovido pela Aliança das Civilizações das Nações Unidas (UNAOC) e Grupo BMW, a Vaga Lume foi convidada a realizar atividades no Pavilhão BMW na Rio+20 - Conferência das Nações Unidas para Desenvolvimento Sustentável, de 17 a 21 de junho.
 
Uma comissão composta pela equipe técnica da Vaga Lume, educadores e adolescentes de instituições educacionais de São Paulo e da Amazônia participou de eventos paralelos à conferência oficial. A Escola Vera Cruz foi representada por Andreia Cristina Silva, professora coordenadora do projeto Rede, e Sandra Maesta Pereira, aluna do 9o ano.
 
A comissão teve oportunidade de apresentar o trabalho desenvolvido na Rede e conversar com outros jovens e adultos sobre diversidade cultural e meio ambiente. Além disso, visitaram a Cúpula dos Povos, localizada no Aterro do Flamengo, evento organizado pela sociedade civil global para debater as crises atuais: energética, financeira, ambiental, alimentar.

Beyond English: me, myself and...


No projeto Beyond English: me myself and... what about the others? Os alunos do 6º ao 9º ano refletiram sobre suas atitudes e atitudes alheias em espaços públicos que costumam incomodá-los, tais como o mau uso do celular, a sujeira nas calçadas, nas salas de aula, o desrespeito ao colega quando esse fala, a intolerância no trânsito e outras mais. 
 
Enquanto os professores conversavam individualmente com seus alunos na entrega dos boletins do 1º bimestre, os alunos desenvolviam trabalhos: rimas, histórias, sketches, músicas, propagandas, vídeos e histórias em quadrinhos, tendo em mente como e porque tais comportamentos devem ser evitados.

Clique aqui e veja os alunos desenvolvendo seus trabalhos, como também alguns dos trabalhos finalizados.
 

notícias

Exploração entre prateleiras e um jardim
27 Abr 2017
  Enquanto a professora repassava em sala de aula os combinados sobre a saída,...
+
Pré-História na prática
24 Abr 2017
Lanças, machados, instrumentos para moagem, tambores, pintura rupestre. O pátio da Unidade...
+
A carreira em Direito nas palavras de uma ex-aluna
24 Abr 2017
Os alunos da disciplina Direito e Justiça receberam na quarta-feira, dia 29 de março, a...
+
Desestigmatizando o autismo
20 Abr 2017
Em 2015, a Unidade Dona Elisa recebeu os diretores de Em um mundo interior, documentário...
+
Preparação para o vestibular
18 Abr 2017
No sábado, dia 8 de abril, aconteceu o primeiro simulado para os exames vestibulares no Ensino...
+
O que uma expedição de bicicleta tem a ver com um coletivo de dança?
18 Abr 2017
A Dança está em alta no Ensino Médio. Nos últimos anos, o crescente interesse...
+
Ensino Médio rumo ao Cern
13 Abr 2017
Dois grupos de alunos da 2ª e 3ª série submeteram trabalhos ao concurso Beamline...
+
acontece na Escola Vera Cruz

eventos e atividades

  • 23, 24 e 26 de janeiro : Venda presencial de material e uniforme
  • 1º de abril  :  Escola Aberta – 6º ano
  • 8 de abril : Simulado
  • 13 de maio : Manhã de Brincadeiras – 3º ano 
  • 24 a 26 de maio : Acampamento – 4º ano
  • 27/5 a 1º de junho :  Estudo do Meio – 9º ano
  • 31/5 a 2 de junho : Estudo do Meio – 6º ano
  • 3 de junho : Sábado de Atividades – G5 
  • 10 de junho : Grande Arraial Vera Cruz
  • 24 de junho : Festa Junina – G5, 1º e 2º ano
  • 25 de junho : Festa Junina – G1 ao G4
  • 29 de junho : Festa Junina – 3º ao 5º ano 
comunidades da Escola Vera Cruz

alunos