Diferenças

 Veridiana A. Gibotti – 7º C

 

Minha terra tem grãos

E uma mera condição

Menos de 1% da população

Está em boas mãos

 

Muita gente sem trabalho

Muita gente sem comer

Crianças sem aprender

E adultos sem saber

 

Muita gente se gabando

Com banquetes todo dia

Faltando na escola

Sem noção do que perdia

 

Não se importar com faltas

Não se importar com a opinião

Não se importar com as diferenças

Não se importar com a união

 

Perdendo o bonde e a esperança

De quem está na liderança

Pensamento equivocado

No perigo delicado

 

Talvez um dia eu me liberte

desse inferno, desse pecado

Desse mundo infeliz

Para qualquer coisa que se diz

 

Adeus, avezinha

Adeus, posição civil

Adeus, minha vizinha

Adeus, meu Brasil

 

[Intertextualidade feita a partir do poema “Canção do exílio”, de Gonçalves Dias.]

Diferenças