Ao mar

Rodrigo Junqueira Santiago Simoes

Azul e verde do horizonte,
Transbordando céu em nosso mar.
A paisagem nos diz para onde,
Desviar o nosso olhar.

Recortado por falésias,
Repousado em um albatroz.
Oceano de lembranças, amnésias.
Solitária ave perde-se só.

Cansada, depenada, para
Sob o sol se misturando à lua.
Sua mente, de repente, se depara,
Voar, voar, maior preocupação tua.

Não se sabe onde irá,
Que ares respirará.
Enfim, avante, para lá,
De volta ao horizonte, ao mar.

Ao mar